Obras do Cinturão devem começar em fevereiro

Governo Federal garantiu R$ 1,1 bilhão para primeiro trecho das obras do Cinturão das Águas no Cariri

  

O governador Cid Gomes e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, assinaram ontem, no Palácio da Abolição, termo de compromisso para obras do primeiro trecho do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), projeto estadual que prevê levar água para todas as regiões do Estado por meio de canais e adutoras. O investimento total é de R$ 7 bilhões.

 

Para o primeiro canal, de 150 quilômetros de extensão, entre as cidades de Jati e Nova Olinda, no Cariri, as obras devem custar R$ 1,5 bilhão. Desse total, o Governo Federal se comprometeu a destinar R$ 1,1 bilhão de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

 

A licitação do primeiro canal está prevista para começar em novembro. De acordo com o secretário dos Recursos Hídricos do Estado, César Pinheiro, a previsão é iniciar as obras em fevereiro de 2012.

Integração

O governador explicou que o Cinturão das Águas vai perenizar áreas das bacias dos rios Cariús, Jaguaribe, Banabuiú, Quixeramobim, Poti, Coreaú e Acaraú. As águas que alimentarão os canais do Cinturão virão do rio São Francisco, cujas obras de transposição do ramal norte chegam até Jati. “É uma integração das obras da bacia do São Francisco e o plano diretor dos recursos hídricos estaduais”, avaliou Cid.

 

César Pinheiro afirmou que a previsão do Governo do Estado é concluir as obras do Cinturão até o fim de 2014. “A meta é, até essa data, que todas as cidades tenham água encanada de boa qualidade”, acrescentou.

 

Para o ministro Fernando Bezerra, o Ceará é exemplo na gestão dos recursos hídricos. “O Ceará tem segurança hídrica que nenhum estado do Nordeste tem”, destacou o ministro, que também visitou ontem os perímetros irrigados Tabuleiro de Russas e Projeto Apodi, no Vale do Jaguaribe.

 

O quê


ENTENDA A NOTÍCIA

A previsão de investimentos para o Cinturão das Águas é de R$7 bilhões. O montante é equivalente ao orçamento total da transposição do Rio São Francisco, que deve custar R$ 6,85 bilhões, segundo a mais recente estimativa.

 Fonte:http://www.opovo.com.br/app/opovo/ceara/2011/10/08/noticiacearajornal,2312227/obras-do-cinturao-devem-comecar-em-fevereiro.shtml

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s