Torre de TV Digital de Brasília será inaugurada em abril, no aniversário da cidade

Concretagem da estrutura de 182 m de altura foi monitorada com sensores de fibra óptica. Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, construção tem duas hastes que surgem da estrutura cilíndrica da torre.

Luciana Tamaki

No aniversário de Brasília, em 21 de abril, será inaugurada a Torre de TV Digital da cidade, projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Somente a parte física da torre será entregue na ocasião, com acesso às lojas, cafés, museu e mirante. A partir de então, as empresas de comunicação darão início ao processo de instalação de equipamentos de retransmissão de sinal.

 

Apelidada de flor do cerrado, a construção tem dois “braços” que surgem da estrutura cilíndrica da torre, como se fossem hastes de uma flor. A torre tem 182 m de altura, sendo 120 m de estrutura de concreto armado mais 50 m de estrutura metálica e uma antena de 12 m. Um braço da torre ficará a 60 m de altura, com um centro de exposições; e o outro a 80 m, com um bar e café. Aos 110 m de altura, há um mirante com vista de 360°.

As estruturas da torre dividem-se em fuste, cálice, braços e cúpula. No fuste, o diâmetro da torre é 12 m e não se altera até a cota 85 m. Na parte do cálice o diâmetro é variado, aumentando de 12 m na cota 85 m para 20 m na cota 120 m.

Um dos destaques da construção da torre foi a instalação de fibras ópticas para o monitoramento em tempo real da estrutura em concreto. As fibras foram responsáveis por monitorar vibrações estruturais, deslocamentos, deformação específica, temperatura, acelerações e velocidade do vento e poro-pressão. A empresa responsável pelo monitoramento foi a Falcão Bauer. De acordo com a empresa, o material foi escolhido pois, diferentemente de sensores elétricos, a fibra não sofre interferência de campos elétricos e magnéticos.

A fundação da torre foi feita com 246 estacas do tipo raiz com 12 m de comprimento, devido ao solo no local, com arenito intercalado com argila. Além disso, há um grande bloco de concreto sob o subsolo, que auxilia na sustentação da torre. A rampa de acesso à torre compõe-se de duas curvas helicoidais de 65 m de extensão. Sua estrutura é um caixão perdido de 3,10 m a 6,25 m de largura, protendido pelo eixo central de três vãos.

Na execução do fuste, até a altura de 85 m, foi adotado o processo de fôrma metálica deslizante. Já na parte do cálice foi utilizada fôrma autoelevatória e, para a parte dos braços, o processo de fôrma metálica autotrepante.

Estrutura de concreto tem 120 m de altura

Ficha Técnica
Construção: Consórcio Mendes Júnior/Atrium
Projeto de arquitetura, fachadas e esquadrias: Oscar Niemeyer
Projeto de fundações e estrutura de concreto: José Carlos Sussekind
Projeto de estrutura metálica da cúpula geodésica: Avec Verre
Projeto de instalações elétricas, hidráulicas, ar condicionado, telefonia e automação: Projem

Fonte: www.piniweb.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s