Coopercon conhece ´Minha Casa´ de Dubai

Empresários cearenses da construção civil visitaram canteiros da maior construtora dos Emirados Árabes

Dubai (Emirados Árabes Unidos) Na versão árabe do Minha Casa Minha Vida, uma residência de 700 metros quadrados de ótima alvenaria, dois pavimentos, cinco suítes com varandas, armários de madeira importados da Itália, piso de granito, cozinha e quintal, em um condomínio para a classe média alta de Dubai, custa o equivalente a R$ 500 mil. É barato, sim, porque é o Governo de Dubai que subsidia a compra.

Ontem, domingo, os integrantes da Missão Empresarial da Coopercon (Cooperativa da Construção Civil do Ceará) visitaram três canteiros de obra da Arabtec, maior construtora dos Emirados Árabes Unidos, incluindo o do edifício residencial Infinity, de 73 pavimentos, em fase final de construção, que chama a atenção por causa de sua bela e ousada arquitetura retorcida. É um empreendimento privado e seus apartamentos de 60 m² até 150 m² estão sendo vendidos por US$ 4 mil o m².


Todos os detalhes técnicos do Infinity foram mostrados aos construtores cearenses que bombardearam de perguntas o diretor-geral da obra, engenheiro iraquiano Firas Al-Qaysi. “Há um prédio parecido com este na Suíça, mas ele só tem 20 andares”, disse Firas. A obra começou em 2008 e, se não houver atraso, terminará no começo de 2013.

A cada quatro dias, a empresa completa a estrutura de um pavimento. O prédio terá seis elevadores, um dos quais transportou o time da Coopercon a uma velocidade de 8 metros por segundo.

Há 1.400 operários na obra, a maioria indianos. Eles chegaram sem qualquer capacitação. Alguns, depois de treinados e capacitados, já retornaram ao seu País “com valor agregado”, comentou, sorrindo, o iraquiano.

No Condomínio residencial horizontal Sheik Mohamed, nome do emir de Dubai, estão sendo construídas 1.240 casas com 10 diferentes modelos de arquitetura, área e preço, mas com os mesmos materiais. O preço mínimo de uma dessas casas é de R$ 300 mil – subsídio governamental na veia da construção civil dos Emirados.

Durante a visita, os cearenses puderam sentir um problema que, constantemente, atormenta os moradores locais: o vento forte que soprava na ocasião levantou a areia do chão, revelando, minimamente, o que deve acontecer durante uma tempestade de areia. “É algo horrível, você tem de trancar-se em casa ou no escritório, não dá para caminhar na rua, pois não é possível enxergar 50 metros adiante”, conta a brasileira Kátia Piragibe, guia local da missão.

O terceiro canteiro de obras da Arabtec visitado pelo grupo da Coopercon foi o Address Downtown Dubai, um prédio de 303 metros de altura e 64 pavimentos que terá hotel, apartamentos residenciais e centro comercial, como quase todos os empreendimentos imobiliários de Dubai. Ele fica a poucos metros do Bruj Khalifa, o maior edifício do mundo, com 828 metros de altura e 160 pavimentos. Este, por sua vez, localiza-se diante do maior shopping center do planeta, cujo estacionamento de veículos tem 14 mil vagas.

Problemas de custo

Antes da visita aos canteiros, os construtores do Ceará foram recebidos na sede da Arabtec pelos seu diretores Hassan Dajani e Hani Bakir. Eles informaram que sua empresa começou a operar em 1975 e hoje já tem obras em execução em vários países, incluindo a Índia, o Paquistão e a Rússia, além de quase todos os do Oriente Médio.

Os diretores da Arabtec informaram que, em Dubai e nos demais emirados, o custo da mão de obra no valor total de um projeto imobiliário é de 25%. Eles assustaram-se quando foram informados de que, no Brasil, esse custo é de 40% por causa da legislação que chega a duplicar o gasto mensal das empresas com a contratação de pessoal.

Dajani e Bakir interessaram-se pela economia brasileira, fizeram perguntas sobre o programa Minha Casa Minha Vida, anotaram tudo o que lhes foi dito e prometeram trocar e-mails proximamente. “Quem sabe, a Coopercon não faz uma parceria com vocês, hein?”, disse o presidente da entidade cearense, engenheiro Marcos Novaes, encerrando o encontro.

Fonte: http://diariodonordeste.globo.com

Anúncios

Um comentário sobre “Coopercon conhece ´Minha Casa´ de Dubai

  1. Eu estou encantada com essa cidade,meu esposo é pedreiro e nós estamos pensando seriamente em ir trabalhar nesta linda cidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s