Prefeitura publicará norma para pavimento permeável

Especificação técnica do serviço deve aumentar uso de sistema em pavimentos com cargas reduzidas de tráfego

O concreto permeável permite que a água das chuvas passe através dele

A Prefeitura de São Paulo elaborou uma especificação técnica para execução adequada dos pavimentos permeáveis em área de tráfego leve. Aprovada pela comissão permanente de revisão de normas técnicas da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB), a normativa será divulgada ainda nesta semana e deve aumentar o uso da solução em obras do município.

“O objetivo é que os pavimentos permeáveis possam ser utilizados em diferentes empreendimentos urbanos como grandes áreas públicas ou particulares, estacionamentos, parques, quadras esportivas, passeios, calçamentos e ruas de pouca solicitação de tráfego, entre outros”, explica o engenheiro civil, Afonso Virgiliis, do departamento de projetos da Superintendência de Projetos Viários da SIURB, responsável pelo projeto.

A especificação trará um padrão para o serviço de dimensionamento e execução do pavimento permeável bem como para o cálculo hidráulico. Segundo Virgillis, a norma deve servir de base também para que outros órgãos normativos da Prefeitura e também de outras administrações públicas elaborem especificações para aplicações diferentes, contribuindo para a “sustentabilidade da drenagem urbana”. O engenheiro relata já ter sido procurado pela Secretaria de Habitação e pela Secretaria do Verde e Meio Ambiente para discutir adaptações.

A norma se baseia em estudo realizado na Universidade de São Paulo, onde foi construído um trecho experimental como área de estacionamento nas dependências do Centro Tecnológico de Hidráulica na Universidade de São Paulo. O estacionamento funciona como reservatório subsuperficial de águas pluviais, sendo que sua estrutura, constituída de agregados granulares, abriga no interior de seus vazios a água infiltrada pelas camadas do pavimento.

Conforme Virgílio antecipou à reportagem, a norma define que a sub-base e base dos pavimentos permeáveis devem ser constituídas exclusivamente por material pétreo granular de faixas abertas, sob risco de perda da permeabilidade e da função de reservatório da camada de base.

Ainda, para utilização nas vias públicas submetidas ao tráfego de veículos da cidade de São Paulo, a especificação técnica de serviço contemplou a utilização de dispositivo de restrição de infiltração da água no subleito, como membranas impermeáveis ou outra solução comprovadamente eficaz, para garantir a estabilidade mecânica do subleito.

Não existe norma específica de pavimento permeável publicada pela Associação Brasileira de Norma Técnica (ABNT). Para conhecer mais sobre a tecnologia e o estudo realizado na Universidade de São Paulo, veja reportagem técnica da revista Infraestrutura Urbana.

Fonte: http://www.piniweb.com.br

Anúncios

Um comentário sobre “Prefeitura publicará norma para pavimento permeável

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s