SEC: Falta de plano deve atrasar obras da Copa em Fortaleza

Desde que Fortaleza foi anunciada como sedes da Copa de 2014, uma série de obras começou a ser realizada pela Prefeitura e pelo Estado. Para o arquiteto e urbanista, professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e pesquisador do Observatório das Metrópoles, Renato Pequeno, a lentidão e a falta de um planejamento adequado podem fazer com que nem tudo esteja pronto até o início do evento. Além disso, ele cita a possibilidade de os problemas no trânsito não serem resolvidos.

Esse foi um dos assuntos abordados durante o terceiro dia da II Semana de Engenharia Civil (SEC). Esse é um evento acadêmico organizado pelos próprios estudantes, a fim de aprimorar a graduação. Abordando o tema “Entre Colapsos e Desafios”, a semana busca levar para dentro da universidade discussões sobre a atuação da engenharia nacional, principalmente no que toca a qualidade, o meio ambiente e a segurança das edificações. A II SEC teve início na última segunda-feira (15) e segue até a próxima sexta-feira (19).

“Estamos em uma corrida contra o relógio e ainda existem preocupações para saber como e em quanto tempo as obras serão realizadas. Por isso, acredito que corremos o risco de que a Copa do Mundo aconteça e ainda existam obras inacabadas”, afirmou Renato Pequeno.

Demanda

Além disso, o pesquisador do Observatório das Metrópoles acrescentou, também, que, enquanto essas obras vão sendo realizadas, a cidade continua crescendo. Isso faz com que, quando as intervenções forem entregues à população, a demanda já possa ser outra porque muita coisa está mudando.

Para o professor, um dos motivos para que isso aconteça são as rupturas políticas entre o Estado e a Prefeitura. Mas, destacou que isso pode favorecer as comunidades próximas às obras que assim não serão removidas. “Temos que pensar em soluções para que isso não aconteça”, frisou.

O professor da UFC ainda chamou atenção para o fato de que algumas comunidades estão conseguindo reverter essa situação, como a comunidade Lauro Vieira Chaves, no bairro Montese. Com a ajuda da Defensoria Pública, os moradores conseguiram mudar os planos da intervenção e não tiveram que sair de suas residências.

Plano

Pequeno comentou que a falta de um plano de mobilidade urbana e de um plano diretor atualizado prejudica as intervenções. “A cidade não funciona bem sem planejamento. Além disso, as obras são apenas corretivas”.

Outro problema encontrado pelo pesquisador é que as intervenções não vão resolver os problemas da cidade, pois falta qualidade para que sejam melhor aproveitadas. “O ônus de todos esses problemas cai sobre os cidadãos e, principalmente, daqueles que moram nas comunidades”, concluiu Pequeno.

De acordo com o engenheiro de planejamento do de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor), Daniel Eleutério, as obras realizadas pelo órgão na Avenida Alberto Craveiro são as mais avançadas, pois já tiveram as famílias removidas do local.

Já na Avenida Dedé Brasil e Via Expressa, as intervenções para padronização da calçada tiveram início ontem. “Com certeza, a calçada ficará muito melhor para os pedestres, pois será toda padronizada, e eles não terão que desviar de nada. Os cadeirantes também terão acesso”.

Em relação aos prazos para a entrega dessas obras, Eleutério, declarou que o objetivo do órgão é estar com todas as intervenções finalizadas até a Copa do Mundo. “Até o meio do próximo ano, antes da Copa das Confederações, as intervenções na Alberto Craveiro e Paulino Rocha estarão prontas”.

Nesta quinta-feira, durante a programação da SEC, será realizado o II Campeonato Impacto Pontes de Macarrão, a partir das 10h, no auditório Waldez Botelho, no campus do Pici, que propõe a estudantes do curso de Engenharia Civil a construção de pontes feitas de macarrão e cola. A equipe cuja ponte sustentar o maior peso, sem danos à sua estrutura, ganha o prêmio de R$2.500. Ao todo 35 pessoas estão inscritas.

THIAGO ROCHA
REPÓRTER

Fonte: Diário do Nordeste

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s