Como funcionam os guindastes torre

Comum em grandes obras de engenharia civil, os guindastes torre são fundamentais para o manejo de materiais como, por exemplo, o aço e o concreto. Tendo observado um canteiro de obras, a quem se pergunte: Como máquinas daquele porte chegaram até a obra se não são vistos transitando pela cidade?  Como, mesmo erguendo grandes toneladas, elas não tombam? Nesse artigo, veremos como funcionam os Guindastes Torre.

s1

Para entendermos seu funcionamento, devemos, inicialmente, saber quais as partes que o compõe. São elas:

Base: Suporta o guindaste; Fica fixada em uma enorme base de concreto. É impressionante como super-máquinas como essa se mantém estáveis sem haver nenhum cabo de sustentação. O principal elemento que garante essa sustentação é a base, onde grandes chumbadores     são embutidos profundamente no concreto. Essas bases medem em torno de 10 m x 10 m x 1,3 m e pesam em torno de 182 mil kg. Outro elemento importante é o contrapeso, que será visto mais a frente

s2

Mastro: É a unidade que dar altura ao guindaste;

Lança: Dotada de um carro com roldanas que corre ao longo de seu comprimento, é a parte do guindaste que suporta a carga;

s3

Braço Horizontal Menor: É a parte responsável pelos contrapesos (feitos de concreto) e que possui o motor e o sistema eletrônico do guindaste;

s4

Unidade Giratória e Cabina do Operador.

Para os guindastes comuns, a altura máxima sem carga é 80 m; sua altura pode ser maior caso o guindaste seja escorado no prédio à medida que ele sobe ao redor do guindaste; O alcance máximo é de 70 m e a carga máxima de levantamento é cerca de 19,8 toneladas, tendo em torno de 20 toneladas de contrapeso.

É válido lembrar que quanto mais perto a carga estiver do mastro, mais peso o guindaste pode suportar com segurança. Para assegurar que a carga máxima está sendo respeitada, o guindaste utiliza dois limitadores de carga, sendo eles:

  • O controle de carga máxima monitora a tração no cabo e não deixa a carga ultrapassar 18 toneladas;
  • Um dispositivo controla o momento da carga e não deixa o operador exceder a relação tonelada-metro do guindaste conforme a carga se move na lança.

O maior guindaste torre do mundo é o K – 10.000, produzido pela companhia dinamarquesa Kroll.

Para serem montados, os gigantes chegam ao canteiro de obras em 10 a 12 carretas, variando com o tamanho da estrutura. Utiliza-se um guindaste móvel para montar a lança e o braço menor em um mastro de 12 metros de altura. Após a montagem, são colocados os contrapesos. A partir dessa base formada, o guindaste torre chega a sua altura máxima da seguinte forma:

Ele vai erguendo sua própria estrutura, correspondente a uma seção do mastro por vez. Segue abaixo o procedimento:

  1. A equipe responsável pela estrutura ergue um peso na lança e equilibra com o contrapeso;
  2. A unidade giratória do topo do mastro é solta da estrutura. Pistões hidráulicos erguem a estrutura giratória 6 m para cima;
  3. O operador usa o guindaste para levantar outra seção do mastro de 6 m e colocá-la dentro do vão criado pela estrutura. Depois de aparafusada a seção, o guindaste fica 6 m mais alto.

 s5

s6

Veja o vídeo que mostra como eles são montados:

Após montada, o guindaste está pronto para ser utilizado. O processo para demonstrar é o inverso ao da montagem.

Fonte: How Stuff Works

Anúncios

3 comentários sobre “Como funcionam os guindastes torre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s