Ilhas Artificiais de Dubai: Palm Jumeirah

Um dos projetos de engenharia mais audaciosos do nosso tempo se encontra no Golfo Pérsico. As Palm Islands são ilhas artificiais que se encontram em Dubai e são consideradas os maiores projetos de saneamento em todo mundo. A primeira construída foi a Palm Jumeirah, iniciada em 2001 e que começou a funcionar por completo em 2009, que se extende por mais de 5 quilômetros da costa. Ela é tão grande que pode ser vista do espaço e sua construção foi considerada um grande desafio.

1b

A grande parte das grandes construções existentes no nosso planeta é feita de concreto e aço, entretanto a Palm Jumeirah foi construída apenas com materiais naturais – Pedras e Areia –pois ela deveria está em harmonia com a região. A quantidade de material utilizada na construção seria suficiente para construir um muro de 2,5 metros de altura ao redor do planeta. Dubai, que se encontra nos Emirados Árabes Unidos, é um reino construído com a força da riqueza do petróleo. Buscando fontes de renda alternativa para o futuro, os líderes locais decidiram transformar o local no destino turístico mais luxuoso do mundo. Todavia, o maior problema era a extensão de sua costa, que não fornecia espaço suficiente para cumprir o objetivo, surgiu à idéia da criação da ilha, cujo formato foi pensado para reforçar a idéia de um cenário paradisíaco. Ela aumenta a extensão da costa do país em 56 quilômetros.

Para concretizar essa idéia, foram contratados engenheiros holandeses, pois a Holanda é especialista em controlar o mar, aumentando, através de suas técnicas, sua área terrestre em 35%. Inicialmente, eles precisaram comprovar que a realização da obra seria possível e se ela ficaria no lugar. Foi elaborado um quebra-mar em torno da ilha. Para calcular suas dimensões, foram utilizadas variáveis como a força das tempestades que atingem a região e o efeito do aquecimento global no nível dos oceanos. Os estudos na região comprovaram que ela era um ótimo local para a construção, pois o golfo tem em média 30 metros de profundidade e 160 km de largura, sendo pequeno e raso para ocorrer catástrofes provocadas por ondas. Todavia, as tempestades eram preocupantes, o que tornou realmente necessário a construção, deveria ter no mínimo 3 metros a mais que o tamanho médio das ondas e ter 11,5 km de extensão. Hoje, a Palm Jumeirah está erguida cerca de 4 metros acima do nível do mar e está assentada a 10 m da água em seu ponto mais profundo.

A areia, revestida por um geotêxtil permeável que evita erosões, compõe a camada inferior do quebra-mar. Uma tonelada de pedras cobrem a areia e duas camadas de pedras grandes, que pesam até seis toneladas cada, protegem a estrutura. O quebra-mar também tem duas aberturas de 100 m de cada lado para eliminar a estagnação dos 16 canais estreitos e profundos. Esses espaços permitem que a água circule totalmente a cada 13 dias.

2

Embora tenham acontecido alguns acidentes durante a obra devido à força das águas, os projetistas acreditam que o quebra-mar irá proteger a ilha em formato de palmeira das mudanças climáticas normais do golfo, e até de tempestades de grandes proporções. Eles até sugerem que as vilas, a apenas 3 m acima do nível do mar, ficarão protegidas do aumento do nível das águas devido ao aquecimento global.

As ilhas foram construídas com areia dragada do leito do mar. Palm Jumeirah é composta por 92 milhões de metros cúbicos de areia do oceano vibro-compactada no local. A vibro-compactação aumenta a densidade da areia solta, saturando-a com jatos de água e vibrando-a com sondas.

3

4

Para acertar o formato complexo das ilhas, designers e construtoras utilizaram os Sistemas de Posicionamento Global (GPS) para planejar a palmeira e assegurar que a areia seja colocada no lugar certo.

Palm Jumeirah já está repleta de vilas e hotéis. Os compradores são uma mistura de moradores mais antigos, veranistas e especuladores que esperam ganhar dinheiro com preços absurdamente altos. Durante a construção os trabalhadores moraram nas folhagens da ilha e em navios de cruzeiro ancorados.

Para facilitar o turismo e a vida dos moradores, o túnel Sub-Sea, sob o mar e com seis faixas para veículos, conecta Palm Jumeirah ao continente. Os trabalhadores utilizaram uma represa para drenar a área e escavar o leito do mar antes de liberar a água novamente. A ilha ainda acomoda o Monorail, um monotrilho que cruza toda a cidade de Dubai indo até a Palm Jumeirah.

5

6

7

8

 

 

Fonte : Youtube, HowStuffWorks

Anúncios

3 comentários sobre “Ilhas Artificiais de Dubai: Palm Jumeirah

  1. Pingback: Obras Incríveis: Palm Islands - Palm Jumeirah (Parte 1) | Engenharia do FuturoEngenharia do Futuro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s