Projeto de engenharia vai permitir que esgoto seja usado para gerar energia

O despejo de esgoto residencial em rios e necessidade de obras de saneamento é uma preocupação dos gestores públicos em todo o país. Em Pernambuco, um projeto de engenharia pretende produzir energia elétrica a partir do esgoto coletado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Segundo o IBGE, a Região Metropolitana do Recife produz 3.221 toneladas de lixo por dia e nem sempre o descarte é feito pelo caminho sustentável.

De acordo com o projeto, o sistema deverá entrar em operação até 2015 em uma das estações de tratamento da própria companhia, de modo a abastecer a própria unidade. Se houver excedente energético, a quantidade será injetada na rede elétrica da cidade.

A técnica de engenharia desenvolvida para esse processo de reaproveitamento, será iniciada a partir de um confinamento dos efluentes em biodigestores, espécie de reservatório impermeável ao ar atmosférico. Neles, a matéria orgânica do esgoto é metabolizada, gerando gás metano, que, inflamável, funciona como motor para geração de energia.

De acordo com a companhia energética da região, serão investidos mais de R$ 4,6 milhões na aquisição dos equipamentos, capacitação profissional, desenvolvimento da tecnologia, instalação e acompanhamento após implantação.

O projeto conta com a parceria de várias organizações. A construção de coletores de esgoto deverá ser aperfeiçoada para a nova demanda de geração de energia a partir dos dejetos que forem canalizados.

Fonte: Grandes Construções

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s