Concluída concretagem da fundação do maior edifício residencial da América do Sul, em Santa Catarina

As obras do Infinity Coast, considerado o maior edifício residencial da América do Sul, avançaram mais uma etapa na semana passada, com a conclusão da concretagem do bloco de fundação. A execução desta etapa envolveu cerca de 500 pessoas, direta ou indiretamente, segundo a construtora responsável pela obra, FG Empreendimentos. O complexo é localizado em Balneário Camburiú, Santa Catarina.

blog 1

blog 2

O bloco da fundação tem, ao todo, 1.090 m² de área e cinco metros de profundidade. Com o desconto do volume da armadura, de 590 toneladas, o volume final da concretagem foi de 5.300 m³. O serviço foi realizado em cinco dias seguidos, de segunda-feira (10) a sexta-feira (14), das 7 horas às 12 horas e das 13 horas às 18 horas.

O concreto utilizado possui duas resistências (30 MPa e 45 Mpa). Segundo André Bigarella, gerente de obras da FG Empreendimentos, essa divisão foi feita, principalmente, para diminuir o calor de hidratação e também para redução de custo. “Já os aditivos utilizados no processo foram para retardar a reação do cimento, fazendo todo concreto lançado iniciar a secagem junto, e para reduzir a água e tornar o concreto auto adensável”, explica o engenheiro. Esta decisão dispensou o uso de vibradores, facilitando a logística.

Ao todo, 775 caminhões betoneira foram utilizados no processo. De acordo com os engenheiros, a movimentação e o descarregamento das betoneiras tiveram seus momentos críticos. “Na primeira carga de cada dia, descarregamos até às 9 horas da manhã aproximadamente 300 m³ (40 caminhões). Esse momento foi o mais crítico, mas o canteiro de obras é grande e conseguimos contornar”, afirma Bigarella. Após isso, como o ciclo de betoneiras ficou de duas e duas horas, o trânsito da região não foi alterado.

Agora, os engenheiros estão aguardando o concreto baixar a temperatura, que chegou a mais de 65° C.

blog 3

Vale lembrar que a fundação adotada para a construção da torre é a de estaca escavada com polímero de diâmetro de 1,5 metros e 28 metros de profundidade. Dentro delas foram colocados, junto com a ferragem até o final da estaca, três tubos de aço com 500 mm de diâmetro para posterior execução das estacas raiz (abaixo dos 28 metros) para “pinar” na rocha.

Obras

Localizado em um terreno 4.500 m² na Barra Norte, na esquina das ruas Julieta Lins e Avenida Brasil, o edifício terá 240 metros de altura e 66 andares, cada um com dois apartamentos de duas ou três suítes. O empreendimento terá uma infraestrutura de resort com 23 itens, incluindo spas externos, mini golf, muro de escalada, cinema, pub Infinity, pomar, game station, wine bar e health club com academia, estúdio de pilates, sauna seca e úmida, sala de massagem e sala de descanso.

Segundo o Bigarella, entre os principais desafios da obra, está a altura, que dificulta o transporte vertical de materiais e pessoas, a segurança do trabalho e o revestimento externo do edifício. Após a obra, no entanto, a altura do edifício será benéfica: a energia de descida dos quatro elevadores será armazenada e utilizada para iluminação das áreas comuns.

O projeto estrutural, desenvolvido pelo escritório Kálkulo de Curitiba, passou por acompanhamento da empresa britânica Building Research Establishment Ltd (BRE). A arquitetura é de Andres Juan Bandeo.

O empreendimento deve ser concluído em 2017.

Fonte: Revista Téchne 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s