Sistema inteligente de posicionamento pretende aumentar a eficiência global das redes ferroviárias europeias

Chama-se EATS e é um inovador sistema de simulação, posicionamento e navegação desenvolvido no âmbito do programa ETCS (“European Train Control System“) integrado no Sétimo Programa-Quadro da União Europeia, que pretende contribuir, de forma significativa para o aumento da eficiência global das redes ferroviárias no espaço europeu.

ASJDOKPOO

O objetivo geral do ETCS é a introdução de um sistema único, harmonizado, de controle, sinalização e segurança ferroviária, que substituirá a médio prazo, os diferentes sistemas de segurança ferroviária implantados um pouco por toda a Europa.

É especialmente dirigido às linhas de alta velocidade e a sua implantação está a ser efetuada em quatro fases diferentes (Níveis ETCS 1-4).

O programa implica que sejam ultrapassadas barreiras de implementação importantes como a possibilidade de diferentes interpretações das especificações técnicas, a disponibilidade de procedimentos de certificação laboratorial, a morosidade e custo elevado dos ensaios in-situ e outras dificuldades técnicas.

No caso particular do EATS (“ETCS Advanced Testing and Smart Train Positioning System“), o que se pretende é o desenvolvimento de um sistema avançado de posicionamento de bordo que faça uso combinado do Sistema Global de Navegação Satélite (GNSS), do Sistema Universal Móvel de Telecomunicações (UMTS) e do Sistema Ferroviário Global para Comunicações Móveis (GSM-R).

O uso do EATS facilitaria a transição do Nível 2 ETCS para o Nível 3, possibilitando um aumento global da eficiência das redes ferroviárias europeias.

O EATS tem como base a tecnologia modular ATLAS (“Advanced Train LocAtion Simulator“), que possui uma elevada versatilidade e escalabilidade no que diz respeito ao projeto, implementação e avaliação de sistemas de localização. A opção pelo ATLAS permite que a configuração das composições ferroviárias possa ser analisada em articulação com os sistemas de localização de bordo e as rotas previstas.

qdqqwsA

A implantação do novo sistema implicou o ensaio de diferentes distribuições de antenas de comunicação, em zonas com diferentes performances técnicas, e de variados algoritmos de posicionamento de forma a maximizar o seu desempenho.

O EATS contribuirá desta forma para o aumento da segurança e eficiência das redes ferroviárias europeias, facilitando a implementação do ETCS num cenário de constante crescimento dos volumes de tráfego no continente.

Fonte:

Engenhariacivil.com

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s