“Sistema pendular” auxilia na manutenção estrutural de Arranha-Céu

O Taipei 101 é um arranha-céu icônico localizado na cidade de Taipei, em Taiwan. O edifício se ergue até 509 metros e é consistido de exatamente 101 andares. Na época de sua construção, em 2004, foi o edifício mais alto do mundo – um título que manteve até o Burj Khalifa surgir em 2010.

Assentado apenas a 201 metros de uma grande falha geológica, o Taipei 101 é propenso a terremotos e ventos fortes comuns na área da Ásia e do oceano Pacífico. Os engenheiros tiveram que criar uma estrutura que pudesse resistir a vendavais de até 216 km / h e aos terremotos mais fortes.

Resultado de imagem para taipei 101

Normalmente, um arranha-céu deve ser flexível contra ventos fortes e ainda, permanecerem rígidos o suficiente para evitar grandes movimentos laterais. A flexibilidade evita danos estruturais, enquanto que a resistência, com proteções de vidro, divisórias e outros recursos, garante tranquilidade aos ocupantes. A maioria dos projetos atingem a resistência necessária, ampliando elementos estruturais críticos, como suportes e braçadeiras, mas a altura do Taipei 101 combinada com as demandas do seu ambiente, clamavam por inovações adicionais.

Para alcançar a estabilidade e diminuir o impacto de um movimento violento, um amortecedor de massa sintonizado gigantesco foi projetado. O amortecedor consiste de uma esfera de aço de 18 metros de diâmetro e pesando 728 toneladas, suspenso a partir do 92º andar ao 87º. Agindo como um pêndulo gigante, a esfera de aço maciça, balança para evitar movimentos do edifício causado por fortes rajadas de vento.

Resultado de imagem para taipei 101 tmd

Oito cabos de aço formam uma rede de suspensão para apoiar a bola, enquanto oito amortecedores hidráulicos agem como atenuadores quando a esfera se desloca. A bola pode se mover 1,52 m em qualquer direção e reduzir os balanços em 40 por cento. Dois amortecedores de massa sintonizados adicionais, cada um pesando 7 toneladas, instalados na ponta da torre, fornecem proteção adicional contra fortes rajadas de vento.

Os engenheiros ficaram tão orgulhosos de sua criação que eles deixaram o amortecedor publicamente visível de um observatório coberto, localizado no interior da torre, onde passeios guiados por gravações de voz e displays informativos explicam aos visitantes como a coisa funciona. Durante os dias particularmente ventosos, se pode ver o amortecedor em ação. O amortecedor do Taipei 101 foi construído a um custo de US $ 4 milhões de dólares e é o maior amortecedor de massa sintonizado do mundo e talvez, o único visível ao público.

Resultado de imagem para taipei 101 tmd

Resultado de imagem para taipei 101 tmd

Fonte:

Curionautas

Anúncios

Um comentário sobre ““Sistema pendular” auxilia na manutenção estrutural de Arranha-Céu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s