Pesquisa da USP utiliza pneus velhos para melhorar concreto

Um projeto realizado na Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo (USP), em Lorena (SP), está reciclando a borracha de pneus velhos e misturando ao concreto. O objetivo é facilitar o aparecimento de propriedades diferenciadas na argamassa cimentícia, pois com a adição da borracha, o material final adquire mais tenacidade e capacidade de deformação.

Resultado de imagem para pneu velho

De acordo com Clodoaldo Saron, professor da USP, a pesquisa teve início há três anos e ainda está em fase de desenvolvimento detalhado para compreender melhor a quantidade exata de agentes compatibilizantes entre a borracha e o concreto, bem como a integração mais adequada entre os materiais.

“O ponto chave da pesquisa até o momento é este. Apesar de já ter existido estudos de outra natureza, eles não tiveram a preocupação de integrar de fato as propriedades da borracha à matriz de cimento, o que é fundamental, pois trata-se de materiais de naturezas químicas diferentes. Então, se houver simplesmente a mistura da borracha no concreto, não resultará nesse mesmo efeito ligante”, acrescenta Saron.

Embora a solução ainda não tenha sido testada em construções, o professor da USP acredita que esse concreto poderá ser utilizado na construção de calçadas que demandem maior absorção de impacto, na pavimentação de locais onde veículos pesados trafegam e na concretagem de regiões arborizadas, para evitar rachaduras ocasionadas pelas raízes das árvores.

Fonte: Téchne / Jornal da USP

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s