Conheça a ponte de vidro mais longa do mundo. Você teria coragem?

mais-longa-ponte-vidro-mundo-02.jpg

O cenário escolhido para mais um recorde foi o Parque Natural de Zhangjiajie, na província de Hebei, no norte da China. Com 430 metros de comprimento e 6 metros de largura, a estrutura suspensa possui um tabuleiro constituído por cerca de uma centena de painéis envidraçados de tripla camada e elevada resistência.

Continuar lendo

Anúncios

Qual o significado do BIM para a Engenharia Rodoviária?

road-1030888_1920.jpg

Como a adoção do BIM se tornou padrão na arquitetura e construção, os engenheiros civis podem se questionar: o que essa plataforma significa para mim? Para os engenheiros estruturais ou aqueles que trabalham regularmente com arquitetos, a palavra BIM talvez já faça parte dos seus vocabulários. Entretanto, para os profissionais que se dedicam a projetar estradas e rodovias, BIM pode representar um novo mundo, que é altamente relevante agora e vai continuar ganhando importância.

Continuar lendo

Entenda como investimentos em saneamento básico pode contribuir para o desenvolvimento econômico

Estacao-tratamento-de-esgoto.jpg

Nos últimos anos o Brasil passou por inegáveis avanços no setor de saneamento básico, o número de cidadãos brasileiros com acesso aos serviços considerado como minimamente adequado vem crescendo, no entanto, uma grande parcela da população brasileira ainda não conta com essas condições. o crescimento desordenado característico do território brasileiro impõe as empresas de saneamento básico buscar por soluções cada vez mais desafiadoras.

Continuar lendo

Simulação e engenharia. Um estudo na resolução de problemas

cfg.jpg

O estudo e a resolução de um problema em um sistema real pode ser realizado por meio de métodos diferentes. Para isso, deve-se escolher se vai ser utilizado o sistema real ou se será modelado o sistema. A primeira opção possibilita modificar o sistema e testar novas configurações em contexto real, nesse caso os resultados são exatos. No entanto, apesar desta vantagem, quando necessita testar muitos cenários o custo torna-se muito elevado, e, além disso, demora muito tempo para testar o sistema com as alterações, logo, as comparações do sistema com as diferentes hipóteses tornam-se impossíveis.

A solução é elaborar um modelo que seja o mais parecido possível com o sistema real e que possibilite testar soluções que possam ser aplicadas posteriormente no sistema. Nos modelos físicos, tem-se uma representação adequada do sistema, porém é complicado na hora de fazer alterações para testar diferentes hipóteses. Os mais adequados são os modelos matemáticos, porque representam as relações entre os objetos do sistema e a lógica envolvida, permitindo ver como o modelo reage face as alterações e manipulações que podem ser feitas facilmente. Os modelos matemáticos podem ser resolvidos por solução analítica ou simulação, dependendo da complexidade do sistema. O método analítico é usado para resolver sistemas com relações lógicas simples e que permitem obter uma solução exata do problema. Enquanto que, na simulação apesar de não se obter uma solução exata, ela possibilita estudar e analisar sistemas mais complexos com algumas incertezas, cuja solução era impossível obter por uma solução analítica.

A engenharia conta com softwares especializados no desenvolvimento de novos produtos. Essa tecnologia é conhecida como CAE (Computer Aided Engineering ou Engenharia Assistida por Computador) e engloba toda uma série de sistemas que ajudam o profissional a fazer análises de problemas desde a física básica até sistemas mais complexos. Apesar de simplificar o processo de desenvolvimento de projetos e operações, o manuseio adequado deles necessita de um engenheiro que tenha conhecimento nas ciências físicas e capacidade de abstração para criar um modelo computacional a partir de um produto real.

rtyrty.png

O Simul8 é um desses programas de simulação. Este programa apresenta propriedades interativas e gráficas que permitem modelar diversos sistemas, desenhando os diagramas de processos das entidades do modelo. Atualmente é um dos softwares de simulação com o maior número de licenças vendidas no mundo. Isso se deve, principalmente, ao seu preço de venda relativamente baixo. O desenvolvimento do Simul8 teve início na década de 90, com a finalidade de ensino de simulação na Universidade de Strathclyde (Escócia). Devido ao sucesso do Simul8 como ferramenta de ensino de simulação, a Simul8 Corporation iniciou a sua comercialização como ferramenta profissional para projetos de simulação. E hoje é uma ferramenta extremamente importante e que auxilia bastante a vida de quem a usa.

Fontes:Blog da EngenhariaUSPEstudo GeralESSS

 

Seul: uma inspiração para salvar o rio Tietê

Por 50 anos, o rio Cheonggyecheon, na capital da Coreia do Sul, foi um córrego de lixo e esgoto. Hoje, é atração turística internacional.

Em 2005, a cidade de Seul – capital da Coreia do Sul – inaugurou seu mais ousado projeto de revitalização urbanística: devolver à cidade o rio Cheonggyecheon, que por quase 50 anos transformou-se em um corredor de esgoto e poluição cercado de viadutos por todos os lados. Em 1961, ele foi enterrado por uma avenida pavimentada. Nos anos 1970, um conjunto de elevados foi construído na área, decretando aquilo que parecia ser a morte do Cheonggyecheon. A engenharia e a arquitetura, entretanto, mostraram que é possível recuperar o pior dos rios.

FE67705C-F073-4FE4-BAEB-4C83C7418C3D

Foi esse exemplo que o prefeito de São Paulo, João Doria, recentemente foi visitar em Seul. O projeto pode servir de referência para a recuperação do Tietê – principal rio da capital paulista. “Esse é um bom exemplo que motiva São Paulo, cidade e Estado, e o próprio governo federal a ter um olhar mais ativo e forte em relação à recuperação e despoluição do Tietê“, disse Doria em suas redes sociais, quando esteve no Cheonggyecheon. O prefeito paulistano cogita buscar apoio na iniciativa privada para viabilizar um projeto, como fez o governo da capital sul-coreana.

O plano de revitalização do Cheonggyecheon custou 300 milhões de euros (cerca de R$ 1 bilhão). Metade deste orçamento foi financiada por empresas sul-coreanas. Além de participar da construção, o grupo Hyundai foi um dos que contribuiu com o projeto. Na época, o prefeito de Seul era Lee Myung-bak, que antes de entrar na política, em 1992, presidiu a Hyundai. As transformações que Lee implantou na capital sul-coreana tornaram-no popular no país e possibilitaram que em 2007 ele fosse eleito presidente da Coreia do Sul.

Mudanças ambientais, sociais e econômicas

 O Cheonggyecheon é afluente do Han – o principal rio da capital sul-coreana. A recuperação abrange uma extensão de 5,7 quilômetros. Todo o concreto retirado dos viadutos e das vias expressas que soterravam o Cheonggyecheon foi reciclado e reutilizado nas obras de revitalização. O impacto causado pela restauração causou mudanças ambientais, sociais e econômicas no entorno do rio. Ambientalmente, a biodiversidade aumentou 639% na região. A variedade de plantas aumentou de 62 para 308. As espécies de peixes, de 4 para 25, e a de invertebrados aquáticos, de 5 para 53.

Transformado em um parque linear, o Cheonggyecheon recebe o fluxo médio de 60 mil pessoas por dia. Destes, dois mil são turistas estrangeiros. A mudança de perfil causou valorização de 50% nos preços dos imóveis. A região atualmente é um centro financeiro e comercial de alto padrão, substituindo o comércio popular que havia no local quando o complexo de viadutos encobria o Cheonggyecheon. O número de bancos e escritórios de grandes conglomerados internacionais cresce a uma taxa de 3,8% ao ano no entorno do rio, desde a sua revitalização.

Toda essa mudança nasceu dentro do departamento de Engenharia Civil e Arquitetura da Universidade de Seul. Em 2000, um grupo de estudo inspecionou as estruturas de concreto que estavam encravadas no Cheonggyecheon e verificou que o grau de patologias colocava em risco a segurança dos veículos que transitavam sobre a via. A pesquisa, então, foi apresentada à prefeitura de Seul, sugerindo que algo fosse feito. A própria universidade desenvolveu um projeto de revitalização do rio, tanto que em 2001 Lee Myung-bak foi eleito prefeito de Seul e colocou a ideia em prática.

Fonte: Nossa Engenharia.

Concreto Reciclado. Conheça os benefícios da utilização desse material

concreto.jpg

Dos métodos construtivos, as estruturas de concreto estão entre os que menos geram resíduos. “Em média, de 2% a 3% de tudo que uma concreteira produz acaba retornando para as plantas e é descartado como resíduo. Estimando uma produção nacional de concreto usinado perto de 40 milhões m³/ano, é gerado cerca de 1 milhão de m³ de resíduos em todas as concreteiras brasileiras”.

Continuar lendo

Orgulhos do Brasil: as maiores obras de Engenharia do país!

É certo que o Brasil tem passado por uma crise lastimável, tanto que os abalos causados pela instabilidade política e econômica enfrentadas pelo país estão sendo refletidos em diversos setores. Ainda assim, a construção civil brasileira está aí para mostrar, por meio da sua técnica e eficiência, que o nosso país tem muita qualidade!

Continuar lendo

Empreendedorismo na construção civil. Saiba como abrir sua própria empresa!

construção-civil-715x390.jpg

No atual momento econômico, muitos dos engenheiros recém-formados acabam ficando sem emprego e a única alternativa é partir para o próprio empreendimento. Mas não é não simples assim. Calma! Existem grandes detalhes que você precisa saber antes de se jogar de cabeça!

Continuar lendo

Saiba como tratar a umidade de uma casa!

Normalmente associamos nossas residências como sinal de saúde. Acontece que, também em nossas casas, somos frequentemente colocados “frente a frente” com fungos que podem nos levar a graves problemas pulmonares. O mofo na parede pode ser o causador da sua constante crise de rinite alérgica, por exemplo.

Continuar lendo