Japão conclui construção de torre mais alta do mundo

Com 634 metros, a Tokyo Sky Tree atingiu altura total em março de 2011. Em novembro, torre de TV entrou para o Guinness, o livro dos recordes.

Tokyo Sky Tree é vista entre edifícios de Tóquio, que ao seu lado parecem baixos (Foto: Hiro Komae/AP)

Tokyo Sky Tree é vista entre edifícios de Tóquio, que ao seu lado parecem baixos (Foto: Hiro Komae/AP)

A Tokyo Sky Tree, reconhecida como a torre mais alta do mundo em 2011 pelo Guinness, o livro dos recordes, foi concluída nesta quarta-feira (29) na capital japonesa.

Com 634 metros de altura, a torre atingiu sua altura total em março do ano passado e ultrapassou a Canton Tower, na China, que antes detinha o recorde.

A torre não é a edificação mais alta do mundo, pois é superada pelo arranha-céu Burj Khalifa com seus 828 metros de altura, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Segundo o Guinness, o prédio de Dubai é a estrutura mais alta do mundo.

Trata-se da mais alta torre de difusão de TV no mundo, seguida, apenas pela de Cantão na China (600 metros).

Continuar lendo

Aço Galvanizado:Material é base para grandes obras de engenharia

“Sede da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre (RS)  é a construção mais vistosa a utilizar o aço galvanizado combinado ao concreto branco”
 

O sucesso das estruturas metálicas se espalha de um lado a outro do planeta, mas poucos exemplos são tão exuberantes como a ponte Akashi-Kaikyo, no Japão. Ligação entre a cidade de Kobe e a ilha Awaji, ela é considerada a maior ponte suspensa do mundo. O vão central tem nada menos de 1.991 metros, sustentado por 290 feixes de cabos, cada um com 127 fios – todos de aço galvanizado.

Continuar lendo

Arquiteto propõe construção de torres para bombear água no Sudão

O arquiteto polonês Hugon Kowalski propôs a construção de conjuntos de três edifícios para bombear água de um lago subterrâneo de 31 mil m² na cidade de Darfur, no Sudão. O país, com 2,5 milhões de metros quadrados, tem apenas 2% de área irrigável.

Com a proposta conceitual, Kowalski venceu o primeiro “Intermediate Prize of the Archi-World Academy Awards 2011-2013”, que reconhece projetos de economia de energia de todo o mundo e segue com premiações intermediárias até 2013. Continuar lendo

Estados Unidos vai construir torre de 790 m para a geração de energia solar

Até 2013 deve começar a construção de uma torre solar de aproximadamente 790 m de altura, que deverá fornecer energia para cerca de 100 mil residências no Estado do Arizona a partir de 2015. O projeto é da empresa de energia renovável australiana EnviroMission, que contratou a construtora Hensel Phelps para as obras.

A torre, com custo estimado em US$ 750 milhões, será conectada a uma estufa com 4,8 km de diâmetro no máximo. A estufa servirá para esquentar o ar através da radiação solar, sendo que a temperatura naquele espaço, segundo os engenheiros, poderá chegar a até 72 °C. O ar mais quente, e portanto mais leve,  sobe para a torre, por onde propulsiona 32 turbinas durante sua passagem, gerando até 200 MW de energia. Continuar lendo

Conselho elege os melhores edifícios altos do mundo

Frank Gehry, Wilkinson Eyre, Sauerbruch Hutton e Norman Foster assinam os projetos arquitetônicos dos prédios vencedores.

O Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH) anunciou hoje (15) em Chicago, Estados Unidos, os vencedores do “Best Tall Building” 2011, premiação que tem como objetivo eleger as melhores edificações altas de quatro regiões: Américas, Ásia e Oceania, Europa e Oriente Médio e África.

Continuar lendo

Olimpíadas de 2016 – Solar City Tower

É um dos primeiros esboços arquitectónicos para os Jogos Olímpicos de 2016, que se realizarão no Rio de Janeiro e destaca-se pela sua sustentabilidade. Desenhada pelo gabinete RAFAA sedeado em Zurique, consegue gerar energia durante o dia e a noite, utilizando a energia solar e a hídrica, respectivamente. Esta torre irá gerar e fornecer energia não só para a aldeia olímpica, como também para a cidade do Rio.

Continuar lendo