ExpoConstruir 2011: Desafio para a construção civil

Exposição de produtos ecologicamente corretos marcou o segundo dia da ExpoConstruir, no Centro de Convenções

Um dos maiores agressores do meio ambiente, principalmente no que se diz respeito à energia consumida e aos resíduos de materiais, o segmento da construção civil tem se esforçado para se desfazer da má fama. Como prova disso, várias empresas do setor expuseram ontem, no Centro de Convenções do Ceará, diversos produtos voltados para a sustentabilidade. A mostra aconteceu na segunda edição da ExpoConstruir, Feira de Materiais e Sistemas Construtivos, que está sendo sediada na Capital desde anteontem e vai até dia 24/09. Continuar lendo

Anúncios

ExpoConstruir 2011 – Mais de R$ 100 mi em negociações

A ExpoConstruir, Feira de Materiais e Sistemas Construtivos, que começa hoje, no Centro de Convenções do Ceará, e vai até o próximo dia 24, espera atingir, no evento, a marca de R$ 100 milhões em negócios realizados. Se for confirmado, o montante representa 40% a mais do que foi alcançado na primeira edição, em 2009. Às 19 horas, acontece a cerimônia de abertura da Feira.

Para conseguir o objetivo, aproximadamente 200 marcas de toda a cadeia produtiva da construção civil são aguardadas. Os visitantes, que vem principalmente de outros estados da região Nordeste, devem somar cerca de dez mil pessoas, entre professores, pesquisadores, estudantes e técnicos das áreas de engenharia civil, arquitetura e urbanismo, tecnologia, meio ambiente e segurança.
Continuar lendo

Sinduscon vê oportunidade de atrair negócios na crise

A aposta é que investidores olhem mais para o Estado, com medo de aplicar recursos nos EUA e na Europa

Se a atual crise econômica internacional tem causado dores de cabeça em empresários dos Estados Unidos e de países europeus, no Ceará, ela surge como uma oportunidade de crescimento para a construção civil. A previsão foi feita pelo presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscon-CE), Roberto Sérgio Oliveira. “Os investidores ficarão com medo de investir no exterior e olharão com mais atenção para o nosso Estado”, garantiu.

Segundo o executivo, o otimismo envolvendo a crise é oriundo da expansão em obras de infraestrutura que a região presencia. “Em razão disso, tornou-se uma tradição que, ano a ano, o Ceará cresça, no segmento, mais que (a média do) próprio País”. Oliveira também comemorou o aumento de 7% no acumulado pelo ramo no último trimestre, em relação a igual período do ano anterior, segundo dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). “Esse resultado é excelente, tendo em vista que, em 2010, o mercado já foi bastante aquecido”, lembrou. Continuar lendo