SAS Protensão fornece tirantes para a ampliação da linha Ferroviária de Durchmesserlinie na Suíça

A empresa forneceu os sistemas com tirantes pré-injetados SAS 500 para execução dos tirantes protendidos das paredes de contenção da linha ferroviária.
A empresa Alemã SAS Protensão, líder mundial no setor de ancoragens e aços especiais para protensão é responsável pelo fornecimento do aço utilizado nas estruturas e reforços da linha Ferroviária de Durchmesserlinie, em Zurique na Suíça.

11249701_910768222330826_1022632784407931333_nA responsável pela obra de ampliação da linha ferroviária de Durchmesserlinie é a empresa: Schweizerische Bundesbahnen AG, Kanton Zürich e a empresa de execução dos serviços é a ARGE Spezial-Tiefbau.
A SAS Protensão forneceu os materiais para a execução dos tirantes protendidos das paredes de contenção da linha ferroviária. O escopo do fornecimento foram de 72 Km de tirantes com barras pré-injetadas SAS 500, com 32mm de diâmetro, 7.600 cabeças de protensão com placas e porcas cônicasde ancoragem SAS.

11693979_910768205664161_8135863123615402391_n
Os sistemas de ancoragens e protensão SAS receberam dupla proteção contra a corrosão para tirantes permanentes com barras de aço SAS 500 protegidas com isolamento elétrico. Antes e depois da injeção de cimento os sistemas com duplo camada contra a corrosão foram testados com a aplicação de carga elétrica e verificação do isolamento elétrico de todo o sistema para comprovação da efetiva proteção. “Estas técnicas servem como referência para serem utilizadas no Brasil” afirma o Engenheiro Otávio Pepe. Esse foi o trabalho mais importante da construção. Durante toda a execução da obra de ampliação das linhas, os trens ficaram funcionando diariamente.
Segundo o diretor da SAS Protensão, Otávio Pepe, a construção da linha ferroviária é um orgulho da engenharia, foi uma obra bem complicada, pois durante toda a execução das obras as linhas de trem ficaram funcionando diariamente e uma das preocupações do cliente era a durabilidade da obra para não ter que executar duas vezes. O grande desafio da engenharia foi projetar e executar a obra com a maior durabilidade e o menor custo possível.
O tempo de duração da obra durou quase 2 anos. A linha férrea já tinha sido construída, e estava em operação durante toda a obra de contenção do maciço rochoso.

11247600_910768248997490_2745883176936249125_n

11738000_910768225664159_3360745193629451283_n

Fonte: Portal Brasil Engenharia

Ilhas Artificiais de Dubai: Palm Jumeirah

Um dos projetos de engenharia mais audaciosos do nosso tempo se encontra no Golfo Pérsico. As Palm Islands são ilhas artificiais que se encontram em Dubai e são consideradas os maiores projetos de saneamento em todo mundo. A primeira construída foi a Palm Jumeirah, iniciada em 2001 e que começou a funcionar por completo em 2009, que se extende por mais de 5 quilômetros da costa. Ela é tão grande que pode ser vista do espaço e sua construção foi considerada um grande desafio.

1b

Continuar lendo

Túnel submerso que ligará Santos ao Guarujá

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, apresentou na terça-feira, dia 3 de setembro, o projeto definitivo para a construção do túnel submerso que ligará os municípios de Santos e Guarujá, no litoral Sul do estado. O empreendimento, que será construído em 36 meses, está orçado em R$ 2,4 bilhão, incluindo projeto, licenciamento, obras, desapropriações e reassentamentos.

O túnel terá profundidade mínima de 21 metros, 762 metros de extensão, 950 metros de rampas e cerca de 4,5 km de obras viárias em superfície e em viadutos. Serão três faixas de rolagem por sentido e um espaço exclusivo para pedestres e ciclistas. A passagem para veículos comportará automóveis, caminhões e até uma linha de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

A montagem dos seis módulos de concreto pré-moldado que vão compor o túnel será feita em uma doca seca localizada no Guarujá. Após sua finalização, os módulos serão rebocados flutuando até o local onde serão submersos. A partir daí cada elemento vai ser encaixado e fixado aos anteriores, formando o túnel. Continuar lendo

Brasileiro produz por ano meia tonelada de resíduos de construção civil

Por: Suzana Vier, Rede Brasil Atual

São Paulo – De pequenas reformas domiciliares a grandes obras, cada brasileiro produz por ano cerca de meia tonelada de resíduo de construção civil, aponta o presidente do Instituto Nova Ágora de Cidadania (Inac), Carlos de Matos Leal. Ainda distante da cultura de reciclagem desse tipo de resíduos sólidos, os materiais terminam espalhados pelas cidades, entopem bueiros, causam assoreamento e envenenamento dos rios e inclusive enchentes, menciona Leal. “Esse material inerte é volumoso e ocupa os aterros ad eternum”, afirmou o especialista durante seminário sobre resíduos sólidos da construção civil e demolições, realizado pela entidade na segunda-feira (17), na capital paulista.

Continuar lendo

Empresas apostam na qualificação no setor da construção civil no Ceará

O crescimento na área da construção civil no Ceará acabou gerando muitos empregos nos últimos anos, mas muitos profissionais ainda não apresentam a qualificação ideal para o mercado, com previsão de ficar aquecido no período da Copa do Mundo de 2014, segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscom). O levantamento  feito pelo Sinduscon mostra que  a maior demanda atualmente é suprir, de imediato, a necessidade de mão de obra e dar a oportunidade de o funcionário crescer profissionalmente. Continuar lendo